Filosofando

Escrever…

logo fundo branco

Quando eu era criança, amava livrinhos, histórias, princesas e contos de fada. Quando aprendi a ler e escrever, não conseguia mais parar.

Na escola, quando a professora pedia que fizessemos uma redação, a sala toda reclamava, e eu vibrava em silêncio.

Sempre tive imaginação fértil, sempre fui sonhadora e até hoje sou. Então inventar histórias pra mim era como respirar.

No entanto, chegou uma época na minha vida que eu parei de escrever. Não sei, me deu preguiça, parece que pensar e colocar no papel tinha ficado cansativo. E eu comecei a fugir das redações assim como meus amiguinhos da segunda série faziam.

Agora estou aqui. Retomando meu gosto pelas palavras. Como é bom se expressar! Não importa o que digam, mas escrever parece que coloca minha cabeça em ordem. Talvez por eu ser tão sonhadora, se não escrevo parece que não piso no chão, fico flutuando junto com meus pensamentos, sem lugar, sem firmeza. Mas quando eles vão para o papel, lá eles tem que parar, lá eles tem que ficar. Só assim consigo encará-los e entender o que se passa nessa mente tão fértil.

Acredito que quando somos crianças, somos mais nós mesmo, com o passar do tempo, o mundo vai nos tornando no que ele quer que sejamos, e isso muitas vezes pode machucar, causar feridas irreversíveis. Por isso é bom voltar para a infância de vez em quando, para sabermos novamente de nós, quem somos.

Depois respira fundo, enche o pulmão de você mesmo, e volta pra realidade pra enfrentar o mundo, mas é sempre mais fácil isso sabendo que lá no fundo ainda está viva aquela criança que sonha, e que gosta muito de fazer o que quer que seja que ela gosta de fazer.

E você? O que gostava de fazer quando era criança? Ainda faz?

Eu te desafio!

 

 

Se gostou desse post, use os botões aí embaixo para compartilhar com seus amigos nas redes sociais, ou deixe um comentário. A Cotia agradece!

 

 

Anúncios

12 comentários em “Escrever…

  1. Gostei muito desse texto! Sempre adoro ler pessoas falando sobre escrever, talvez seja porque eu amo tanto a escrita quanto elas.
    “Na escola, quando a professora pedia que fizessemos uma redação, a sala toda reclamava, e eu vibrava em silêncio.” realmente estou apaixonada por esse trecho, perdidamente apaixonada haha, me define tanto <3! Tô com vontade de usar ela de legenda para alguma foto e até de escrever ela na testa <3.
    Abraços,
    amordesegunda.blogspot.com

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s