Maternidade

Principais lições que aprendi ao ser mãe

Todo mundo fala que quando nasce um bebê nasce também uma mãe. Pura verdade! Eu sou outra pessoa depois que minha filha nasceu, e acredito que aprendi algumas lições de vida muito importantes. Gostaria de dividi-las com vocês.

1. Não julgar as pessoas

licoes de mae4

Acho que muitas mulheres antes de ser mãe tem aquela ideia de ser uma mãe “perfeita”, amamentar, não dar refrigerante ou coxinha pra crianças, não deixar assistir televisão… essas coisas que depois que você é mãe se tornam até corriqueiras.

Antes de ser mãe, quando eu via uma mãe fazendo alguma coisa dessas eu já julgava, apontava meu dedo e pensava “Nossa, que mãe horrível! Jamais serei como ela!”. Pois é, o mundo dá voltas não é amiga? Hoje em dia agradeço a Deus por minha filha amar assistir Frozen e eu ter o tempo de um filme pra ler um livro.

Por isso, aprendi a não julgar as outras mães. Lógico que não é tão fácil, mas mesmo assim, procuro entender que talvez ela não esteja bem orientada, se puder ajudar eu ajudo mas procuro não julgar, apontar o dedo ou fazer cara feia. Gosto de conversar com as outras mães, explicar o que acontece com as crianças em cada fase, mas a única pessoa que vai decidir como criar aquela criança é ela, eu não tenho como mudar o pensamento das pessoas, procuro então respeitar.

Ao fazer isso em relação às outras mães, acabei olhando dessa forma para as outras pessoas também, mulheres, homens, tento sempre saber as razões, os motivos para levar alguém a agir ou falar algo. O que faz você ver o mundo todo de outra forma, é muito libertador!

Um livro que me ajudou muito a pensar dessa forma foi Extraordinário, a forma como a autora mostra o ponto de vista de cada personagem nos faz perceber que não vale a pena julgar sem saber pelo o que o outro está passando.

Além disso, como mãe sei que também sou muito julgada pelos outros, e como sei o quanto isso é ruim, não quero agir dessa forma com ninguém!

2. Cuidar de mim

licoes de mae amor

Sabe aquela velha história de colocar a máscara de oxigênio em você primeiro e depois na criança? Eu aprendi que se eu não estiver bem, não vou conseguir ser uma boa mãe.

Na minha família existe a cultura de ser super mãe, as mulheres da minha vida acreditam que é preciso viver para os filhos, que eles vem sempre em primeiro lugar, e que a mãe deve abdicar de absolutamente tudo pela sua cria.

Não vou dizer que foi fácil pra mim ir contra esse dogma familiar, a culpa foi grande e ainda é, mas eu percebi que se não olhar um pouco para mim, permitir que eu exista dentro dessa relação mãe-filho, eu iria simplesmente enlouquecer, e não teria saúde mental para cuidar da minha filha.

Então, agora eu sei que não é pecado se eu ficar escrevendo um post enquanto minha menina brinca na casa do vizinho, ou pedir uma pizza em um dia que estou cansada demais para fazer sopa… Que eu posso reservar um tempo para fazer as unhas, ou até mesmo sair com o marido.

Vejo que minha filha fica feliz quando me vê bonita, e aí ela quer ficar bonita também. Nós somos os exemplos, se não cuidarmos de nós mesmas, que tipo de exemplo vamos dar aos nossos filhos? Que você deve abdicar de si pelo outro? Não, você pode pensar no outro, ser bom, cuidar do outro, sem se deixar de lado.

Não estou falando de terceirizar os filhos, ou cultivar o egocentrismo que já é gigante em nossa sociedade, mas de continuarmos existindo mesmo após a maternidade.

3. Não existe perfeição

como e ser mae

Definitivamente não existe mãe perfeita! Mesmo aquela sua amiga que PARECE ter a vida perfeita, acredite, ela tem defeitos!

Nenhuma mãe vai fazer sempre tudo certo, até porque o simples fato dela fazer tudo certo já é errado, já pode ser um sinal de neurose ou algo do tipo.

Uma mãe não vai ser sempre paciente, organizada, cuidadosa, limpinha e linda! A verdade é que ou você faz uma coisa ou faz outra. Não adianta ficar querendo exigir de você a perfeição, um dia vai acabar descobrindo que deixar a louça na pia é a melhor maneira de sentir paz!

4. Let it be

vida de mãe

Na tradução mais pé da letra possível: deixe ser. Aprendi que minha filha nunca será do jeito que eu “quero” que ela seja, ela nunca vai atender às minhas expectativas, ainda bem, pois isso seria muito ruim pra ela.

Parece que eles enganam a gente, quando achamos que eles serão tímidos e introspectivos lá estão eles cantando let it go vestidos de borboleta no meio da pracinha. Ou quando achamos que serão espuletas de subir em árvore e ficar de ponta cabeça, lá está ela toda vaidosa passando batom e preocupada em não se sujar…

Então, compreendi que o negócio é seguir com a maré, e permitir que ela se descubra aos poucos. Não quero esperar nada da minha filha, apesar de não ser fácil esse exercício, a natureza vai se encaminhando pro lado certo, só precisamos não atrapalhar! E seja lá o que ela será no futuro, está por conta dela, quero apenas respeitar e aceitar com alegria.

Claro que sempre orientando para o bem, e deixando claro que vou estar ali para o que der e vier, se der certo ou errado, se vier leve ou pesado. Viver a vida não é fácil, o que nos resta é criar crianças preparadas para lidar com sentimentos, e o resto “que será, será”.

♠♠♠♠♠♠♠♠♠♠♠♠♠♠♠♠♠♠♠♠♠♠♠♠♠♠♠♠♠♠♠♠♠♠♠♠♠♠♠♠♠♠♠♠♠♠♠♠♠♠♠♠♠♠♠♠♠♠

Tenho certeza que outras mamães também já aprenderam muitas coisas com a maternidade, deixa aí nos comentários as experiências de vocês!

Bjks.

Anúncios

10 comentários em “Principais lições que aprendi ao ser mãe

  1. Sou louca pela maternidade, ao mesmo tempo em que morro de medo. Ainda não tenho filhos e nenhum projeto em andamento. Mas não queria deixar de comentar por aqui, pois o seu texto vai de encontro com tudo o que acredito: que ninguém nasce pronto para ser mãe e que a criança, acima de tudo, deve ser respeitada. Abrçs!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s