Sempre confusa

Frases para se lembrar quando estiver estressad@

Lendo o livro À procura de Audrey percebi muitas técnicas utilizadas na Terapia Cognitivo Comportamental, não me lembro se no livro ela fala que a abordagem da terapeuta é essa mas está muito claro que sim.

15595741_1410999155579846_628274713_o

Sendo assim, retirei dos livros algumas “notas mentais”, algo que a personagem procura se lembrar quando começa a ficar “estressada”, no caso dela a ter crises de pânico.

Acho que essas frases podem contribuir no nosso cotidiano, claro que não vai resolver todos os nossos problemas mas pode ajudar um pouco.

São elas:

É o seu cérebro, e você pode controlá-lo.

Quando estamos nervosos, com raiva, ou confusos, achamos que o problema vem de fora, que é algo ou alguém que nos faz sentir assim, mas a verdade é que é nosso próprio cérebro, na nossa mente que tudo está acontecendo. Se conseguirmos parar para pensar nisso e mandar uma mensagem para o programador central (nós), podemos mudar o pensamento e nos sentirmos um pouco melhor.

15555242_1409726985707063_800939664_o

Vai passar.

Parece uma frase batida, mas está certíssima. Simplesmente porque nada dura para sempre. Nas horas de desespero pensar em outra situação que fez você se sentir daquela maneira mas depois passou, vai fazer com que se sinta um pouco melhor.

É importante que procure gravar na memória uma situação que foi ruim e que depois melhorou, para que possa sempre recorrer à ela. Quanto mais situações como essa você conseguir registrar mais fácil será. O que nos leva à próxima dica:

Registrar “pílulas de felicidade”.

Algumas pessoas fazem diário de gratidão, outras orações, eu costumo fazer as “pílulas de felicidade”. Consiste em registrar em minha mente quando percebo que estou vivendo um momento feliz. Assim como os momentos de superação, motivação, tudo que for sentimento bom. Mas você pode usar a estratégia que achar melhor, o importante é enxergar e registrar coisas alegres que acontecerem na sua vida.

15555567_1409727015707060_225173542_o

Você não pode ler pensamentos.

Muitas vezes nos sentimos mal por achar que outra pessoa está pensando algo negativo sobre a gente. Mas quase nunca essa sensação está certa. Não podemos prever ou saber o que se passa na mente de outra pessoa, por isso não devemos nos incomodar com que o que achamos que outros vão pensar de nós!

15536792_1409727065707055_714190953_o

Você não é responsável pelo sentimento dos outros.

Outra coisa que nos atrapalha no cotidiano é se sentir responsável pelo o que os outros vão sentir. Você não também não pode controlar isso, e portanto não precisa se sentir culpado se precisa dizer  ou fazer algo à alguém.

Obviamente, precisamos ter empatia, se colocar no lugar do outro para não causar sérios danos, mas acabar se prejudicando por não querer causar um sentimento ruim em alguém também não é bom.

Ás vezes a gente acredita que vai magoar mas isso nem acontece, porque as pessoas tem seu próprio jeito de lidar com os sentimentos, ninguém é exatamente igual a nós. O melhor é mesmo o velho e bom equilíbrio.

É isso. Lembrando que essa foi a minha interpretação do livro da Kinsella, recomendo que leia e tire suas próprias conclusões!

Bjks.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s